Publicidade

Correio Braziliense

PF destruiu 3,4 mil toneladas de maconha em 2019

Corporação apresentou balanço das ações que ocorram em todas as unidades da federação desde janeiro


postado em 12/12/2019 14:59 / atualizado em 12/12/2019 15:32

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, esse é um recorde histórico(foto: Kleber Lima/CB/D.A Press)
De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, esse é um recorde histórico (foto: Kleber Lima/CB/D.A Press)
A Polícia Federal informou, nesta quinta-feira (12/11), que ao longo do ano destruiu 3,4 mil toneladas de pés de maconha. De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, esse é um recorde histórico e supera a soma dos últimos dois anos.

De acordo com a pasta, em 2018, foram destruídas 1,4 mil toneladas da droga e no ano anterior, 1.014 toneladas. O diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, afirmou que as ações contra o tráfico de drogas foram reforçadas. "Gostaria de destacar a apreensão de maconha, que faz parte de um outro programa de destruição de maconha. Atuamos em conjunto com autoridades do Paraguai para impedir o fluxo da droga ainda no país vizinho", disse Valeixo.

Além da apreensão e destruição de maconha, a corporação apreendeu 29 aeronaves usadas por criminosos, avaliadas em R$ 28 milhões. As informações foram divulgadas no balanço anual do Ministério da Justiça. 

Até o começo deste mês, a PF também realizou 447 operações comuns e 430 operações especiais. Ao todo, 7,2 mil pessoas foram presas durante as ações policiais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade