Publicidade

Correio Braziliense

Quase 80% dos brasileiros acreditam que democracia não funciona bem no país

Levantamento feito por professor francês constatou que para 77% da população nacional a democracia funciona mal ou muito mal


postado em 13/12/2019 13:28 / atualizado em 13/12/2019 13:38

Além disso, 45% dos brasileiros julgaram positiva a possibilidade de o país ser governado por um regime militar, enquanto isso, a média global é de 21%(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Além disso, 45% dos brasileiros julgaram positiva a possibilidade de o país ser governado por um regime militar, enquanto isso, a média global é de 21% (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Três a cada quatro brasileiros consideram que a democracia do país funciona mal ou muito mal. Segundo pesquisa liderada por um professor do Instituto de Estudos Políticos de Paris, que coletou as respostas de 36.395 pessoas em 42 países entre o fim de 2018 e o início de 2019, o regime político é desaprovado por 77% da população nacional. O número é superior à média global, de 49% de insatisfação com o sistema.

O levantamento, intitulado "Democracia sob tensão", foi apresentado na Fundação Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo, na quinta-feira (12/12), pelo professor Dominique Reynié. Segundo os dados, apenas 23% dos brasileiros entendem que a democracia funciona bem ou muito bem. De todos os países que participaram da pesquisa, apenas a Croácia ficou atrás do Brasil, com 19% de satisfação com o sistema democrático.

Um dos aspectos analisados foi a desconfiança com a classe política. Nove em cada 10 brasileiros afirmaram desconfiar do governo (93%), do parlamento (90%) e dos partidos políticos (96%). Os números são superiores à média das democracias pesquisadas: 64%, 59% e 77%, respectivamente. Decorrência disso ou não, apenas um em cada dois brasileiros afirmaram se interessar por política.

A enquete ainda revelou que metade dos brasileiros acreditam que a volta dos militares ao poder seria a melhor solução para enfrentar os problemas do País. Além disso, 45% dos brasileiros julgaram positiva a possibilidade de o país ser governado por um regime militar — enquanto isso, a média global é de 21%. 

Entre os assuntos que mais preocupam os brasileiros, ganharam destaque o desemprego (96%) e a crise econômica (95%), que aparecem acima da média global — de 71% e 79%, respectivamente. O relatório ainda aponta que a delinquência, outro assunto que preocupa especialmente os brasileiros (94%), tem tido grande impacto na democracia do País. Isso porque o tema teria ganhado uma dimensão política, com a proliferação de discursos sobre “extermínio” de criminosos. Segundo a pesquisa, dos 42 países participantes, o Brasil é o segundo que mais concorda (73%) com a afirmação: “prefiro mais ordem, ainda que resulte em menos liberdade”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade