Brasil

MG: Adolescente de 15 anos bate o carro em poste e passageiro morre

Menor disse à polícia que adquiriu veículo de um tio, em troca em aparelhos celulares e mais R$ 200

Luiz Ribeiro/Estado de Minas
postado em 08/01/2020 21:01
Menor disse à polícia que adquiriu veículo de um tio, em troca em aparelhos celulares e mais R$ 200Um jovem de 18 anos morreu em um acidente na noite dessa terça-feira (7/1) em Montes Claros, no Norte de Minas. Carlos Samuel Rodrigues era um dos passageiros de um Ford Escort, que bateu em poste de iluminação pública, depois que o condutor perdeu o controle da direção.

Detalhe: o Escort era conduzido por um adolescente de 15 anos, que, em depoimento à Polícia Civil, contou que adquiriu o veículo (fabricado em 1994) de um tio, repassando telefones celulares como a maior parte do pagamento.

Escort era dirigido por adolescente de 15 anos

O acidente aconteceu na Avenida Leonel Beirão de Jesus, no Bairro Vila Telma. De acordo com testemunhas, após o condutor perder o controle da direção, o carro bateu lateralmente em um poste de luz.
O jovem Samuel Rodrigues Sales, que estava no banco dianteiro, ao lado do motorista, sofreu múltiplas fraturas e teve morte instantânea. O corpo dele ficou preso às ferragens e teve que ser retirado por uma equipe dos bombeiros.

O menor que estava na direção sofreu um corte na cabeça. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) e encaminhado para o pronto socorro da Santa Casa de Montes Claros.

Após o atendimento, ele foi liberado e encaminhado para a delegacia, onde prestou depoimento acompanhado pela mãe.

Outro adolescente, 16, que estava no banco traseiro do carro, sofreu ferimentos leves também foi encaminhado ao hospital. Conforme o delegado regional de Montes Claros, Herivelton Ruas Santana, ao prestar depoimento, o adolescente que dirigia o Escort declarou que, há quatro meses adquiriu o veiculo de um tio, numa ;troca; por aparelhos celulares (não falou quantos), com o complemento de R$ 200,00 em dinheiro. Ele disse ainda que trabalha como vendedor de frutas na cidade.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação