Publicidade

Correio Braziliense

Caso Emanuelle: menina que desapareceu em parquinho é encontrada morta

Vizinho da família de Emanuelle, o lavrador Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, foi preso pelo assassinato


postado em 14/01/2020 14:47 / atualizado em 14/01/2020 14:57

Menina de 8 anos que desapareceu ao brincar em parquinho é encontrada morta em SP (foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
Menina de 8 anos que desapareceu ao brincar em parquinho é encontrada morta em SP (foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
A menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrada morta em uma área de mata da Fazenda Santana Nova, em Chavantes, cidade do interior de São Paulo, na noite desta segunda-feira (13/1). A criança estava desaparecida desde a sexta-feira (10/1), quando estava brincando em um parquinho de uma praça. Vizinho da família de Emanuelle, o lavrador Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, foi preso pelo assassinato.

 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ele confessou o crime à Polícia Civil. Câmeras de segurança registraram o acusado conversando com a vítima em uma praça. Assunção informou aos policiais o local onde deixou o corpo da criança. Após as buscas, o Corpo de Bombeiros encontrou a garota sem vida dentro de um pequeno riacho.

 

A faca usada no crime foi apreendida. Foram solicitados exames de DNA e corpo de delito. O caso foi registrado como homicídio qualificado e ocultação de cadáver na Delegacia Seccional de Ourinhos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade