Publicidade

Correio Braziliense

Morre o jornalista Sérgio Noronha, aos 87 anos, no Rio de Janeiro

Comentarista sofreu uma parada cardíaca enquanto estava internado por conta de uma pneumonia


postado em 24/01/2020 19:07 / atualizado em 24/01/2020 19:08

(foto: Divulgação/Grupo Globo)
(foto: Divulgação/Grupo Globo)
Morreu na tarde desta sexta-feira (24/1), aos 87 anos, o jornalista Sérgio Noronha. O famoso comentarista esportivo teve passagens pelo Jornal do Brasil, TV Globo, Rádio Globo, Rádio Tupi, entre outros veículos.

Noronha estava internado, em razão de uma pneumonia, havia 10 dias no Hospital Rio Laranjeiras, Rio de Janeiro, onde sofreu uma parada cardíaca. O jornalista lutava ainda contra um Mal de Alzheimer

Nos últimos anos, o jornalista residia no Retiro dos Artistas, sempre sendo ajudado pelo seu amigo Arnaldo Cezar Coelho, ex-comentarista de arbitragem do grupo Globo. Ao site Globoesporte, Arnaldo lamentou a perda de “Seu Nonô”, como era conhecido o jornalista pode onde passou.

"Perdi um amigo. Conheci Seu Nonô quando ele jogava futebol na Urca na década de 1960. Ele era o cara que sentava no paredão e ficava me pressionando quando era juiz. Ali, conheci ele. Depois, ele foi para o Jornal do Brasil, Rádio Globo... A vida toda foi meu companheiro, um parceiro de vida toda de frequentar a minha casa", disse Arnaldo ao site.

Nascido em 28 de dezembro de 1932, Noronha ainda teve passagens pela revista O Cruzeiro, Diário Carioca, Correio da Manhã e Última Hora. O jornalista chegou à TV Globo em 1975, onde participou da cobertura das Copas do Mundo de 1978, 1982 e 2002.

Noronha também passou pelo jornal O Globo, TV Educativa, SporTV, TV Bandeirantes, entre outros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade