Publicidade

Correio Braziliense

Número de mortes por causa das chuvas em Minas Gerais vai para 30

Só nos últimos dias, 30 pessoas perderam a vida no estado. Somando às 11 entre outubro e o início de janeiro, o total chega a 41


postado em 25/01/2020 19:06

Segundo boletim da Defesa Civil, 17 pessoas estão desaparecidas em Minas Gerais(foto: Edésio Costa/EM/D.A. Press)
Segundo boletim da Defesa Civil, 17 pessoas estão desaparecidas em Minas Gerais (foto: Edésio Costa/EM/D.A. Press)
Em novo boletim divulgado na noite deste sábado (25/1), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) informou que 30 pessoas já morreram em Minas Gerais por conta das chuvas que caíram nos últimos dias. Juntando com as 11 vidas perdidas entre outubro e semana passada, o número de óbitos no estado saltou para 41.

E o número pode aumentar, já que 17 pessoas continuam desaparecidas, conforme a Cedec, todas vítimas das precipitações desta semana. São exatamente 3.531 cidadãos fora de suas casas, sendo 2.620 desalojados e 911 desabrigados. Sete pessoas também se feriram.

De acordo com a Defesa Civil estadual, os números dizem respeito às ocorrências finalizadas até as 18h deste sábado, mesmo dia em que as autoridades encontraram sete corpos em Belo Horizonte e um em Contagem.

Todas as vítimas fatais da capital mineira foram achadas soterradas no Bairro Jardim Alvorada, na Pampulha, e na Vila Bernadete, no Barreiro. Três crianças e dois adultos morreram depois que barracões deslizaram na Pampulha, por volta das 20h de sexta.

Já no Barreiro, dois corpos, ambos do sexo masculino, já foram resgatados. Outras cinco pessoas ainda estão desaparecidas.

A Defesa Civil informou à imprensa que divulgará boletins duas vezes ao dia: um pela manhã e outro no período da tarde.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade