Publicidade

Correio Braziliense

Vale eleva nível de alerta de rompimento da barragem de Barão dos Cocais

Uma erosão na parte interna do reservatório da barragem de rejeitos foi identificada, o que gerou preocupações em relação a estrutura. Problema teria sido causado pelo volume de chuva que atinge Minas Gerais


postado em 25/01/2020 21:32

(foto: Leandro Couri/Refinaria)
(foto: Leandro Couri/Refinaria)
Em razão das fortes chuvas que atingem Minas Gerais, a Vale decidiu, na noite deste sábado (25), elevar o nível de emergência da Barragem Sul Inferior da empresa, localizada na cidade de Barão dos Cocais-MG. A mineradora subiu para 2 o nível de alerta, sendo que 3 representa o risco de rompimento iminente. De acordo com a companhia, ocorreu uma "erosão na parte interna do reservatório da estrutura" da barragem, "que se mantém estável".

 

Moradores que estavam em áreas próximas da estrutura foram realocadas em fevereiro do ano passado, por conta do risco de desabamento do dique de rejeitos, que na época chegou ao nível 3 de emergência. De acordo com a Vale, existe um plano que pode ser acionado em caso de rompimento. "Uma contenção de concreto construída em caráter emergencial foi projetada para minimizar os riscos para Barão de Cocais, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo. A contenção possui 36 metros de altura por 330 metros de extensão e está localizada a 6 quilômetros da barragem", informou a empresa, em nota.

 

Assim como ocorre com outras barragens, a estrutura da Sul Inferior é monitorada permanentemente por câmeras de vídeo. As equipes da região estão sendo reforçadas para analisar o impacto das chuvas na estrutura da barragem. O alerta deve permanecer enquanto as tempestades atingirem o estado.   

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade