Brasil

Caminhão-cegonha que vinha para o DF bate em pedágio e pega fogo; veja

As imagens do pedágio da concessionária Triunfo Concebra, que tem a concessão da BR-153, mostram o caminhão-cegonha em alta velocidade

Philipe Santos
postado em 26/02/2020 19:12

Caminhão-cegonha pega fogo em pedágio na BR-153Imagens de câmera de segurança mostram o exato momento em que um caminhão-cegonha carregado com 11 veículos colidiu em uma praça de pedágio na BR-153, na noite dessa terça-feira (25/2), em Professor Jamil (GO). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás, a carreta saiu de São Paulo e tinha como destino Brasília.



As imagens do pedágio da concessionária Triunfo Concebra, que tem a concessão da via, mostram o caminhão-cegonha em alta velocidade acertando uma das muretas que sustentam a cabine do ponto de cobrança. Após a colisão, o veículo fica fora de controle e só para depois de acertar outra barra de concreto da pista de passagem automática.

Em seguida, o caminhão começa a pegar fogo no cavalo mecânico e as chamas consomem alguns dos veículos. Nas imagens, também é possível ver o momento em que o motorista desce do veículo em meio ao fogo que atinge a parte de trás. De acordo com a Triunfo Concebra, ele foi encaminhado em estado leve para o Hospital Municipal de Hidrolândia. À PRF, o homem disse que dormiu ao volante.


Outro veículo foi atingido

Não é possível ver nas imagens, mas, de acordo com a Triunfo Concebra, um outro veículo que estava na cabine ao lado acabou sendo atingido. Mas não houve vítimas nele. Ainda segundo a concessionária, nenhum colaborador presente no momento do incêndio se feriu.

Logo após o acidente, a Triunfo diz que "a equipe de operações da Concessionária orientou os colaboradores do local e acionou a Polícia Rodoviária Federal e o Corpo de Bombeiros. A equipe de resgate iniciou os procedimentos para combater o incêndio até a chegada do Corpo de Bombeiros."

Ainda segundo a empresa, o trânsito chegou a ficar interditado em ambos os sentidos, mas só por 17 minutos. Mas que, por questões de segurança, os motoristas foram orientados a trafegar com velocidade reduzida pela praça de pedágio. A equipe técnica está avaliando quais os prejuízos constatados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação