Brasil

Doria: em SP não vamos permitir confisco de respiradores pelo governo federal

Agência Estado
postado em 25/03/2020 14:27
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reforçou a recusa do governo do Estado em permitir que o governo federal ou o Ministério da Saúde confisque respiradores e medicamentos do Estado de São Paulo para conter a crise do novo coronavírus. Em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Doria disse não acreditar "que o Ministério da Saúde abrande o isolamento" defendido ontem à noite em pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em rede nacional. Na manhã desta quarta-feira, 25, durante reunião, com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, Doria afirmou que iria tomar medidas judiciais caso fosse necessário. "São Paulo não vai aceitar qualquer confisco de aparelhos do gênero porque São Paulo é hoje o epicentro do vírus", disse mais cedo. Apesar da disputa, Doria reforçou que sua relação com o ministro da Saúde "é republicana". "tenho falado com ele Mandetta. Só ontem à noite ele não retornou minha ligação", disse Doria.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação