Brasil

Primeiro indígena é diagnosticado com novo coronavírus no Brasil

A jovem, de 20 anos , é do estado do Amazonas

Agência France-Presse
postado em 01/04/2020 17:02
 (foto: AFP)
(foto: AFP)
A jovem, de 20  anos , é do estado do AmazonasSão Paulo, Brasil -Uma indígena da etnia kokama foi diagnosticada com o novo coronavírus no estado do Amazonas, anunciou nesta quarta-feira a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), ligada ao Ministério da Saúde.

"Este é o único caso de indígena com Covid-19 no Brasil", informou a Sesai. A jovem, 20, trabalha como colaboradora de um médico do sistema público de saúde que, na semana passada, testou positivo no município de Santo Antônio do Içá, próximo à fronteira com a Colômbia.

"Até o momento, a profissional encontra-se sem quaisquer sintomas da infecção. Seus familiares também se encontram assistidos e em isolamento", assinalou a Secretaria.

O médico diagnosticado, que está em isolamento domiciliar, apresentou sintomas ao retornar das férias. Seus 15 colaboradores, bem como 12 pacientes de outra etnia que ele atendeu antes de ser diagnosticado, encontram-se em observação, à espera dos resultados dos testes.

A Sesai também intensificou as ações de vigilância de enfermidades gripais e respiratórias nos 34 distritos sanitários especiais indígenas, que atendem mais de 800 mil indígenas no Brasil.

[SAIBAMAIS]O Brasil contabilizava até ontem 5.717 casos e 201 mortos pelo novo coronavírus. Deste total, 175 casos foram registrados no Amazonas, que teve três mortos.

No vizinho Peru, a região amazônica de Loreto é a segunda mais afetada pelo coronavírus, com 53 casos de um total de 950, segundo dados da última segunda-feira.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação