Brasil

Covid-19: Ministério da Saúde cadastra estudantes para atuarem no combate

Os alunos selecionados serão supervisionados por profissionais de saúde e farão parte de um cadastro vinculativo

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 03/04/2020 17:15
 (foto: ED JONES/AFP)
(foto: ED JONES/AFP)
Os alunos selecionados serão supervisionados por profissionais de saúde e farão parte de um cadastro vinculativoPara reforçar o Sistema Único de Saúde (SUS) na luta contra o novo coronavírus, o Ministério da Saúde vai cadastrar estudantes de medicina, enfermagem, fisioterapia e farmácia para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS). O edital já foi publicado e desde quinta-feira (2/4) já é possível realizar o cadastro por meio deste site (http://sgtes.unasus.gov.br/apoiasus/)

Alunos de universidades públicas e privadas poderão participar. Os estudantes que cursam medicina têm que estar cursando o 5; e 6; ano. Já os estudantes de farmácia, enfermagem, fisioterapia e farmácia têm que estar no último ano dos respectivos cursos.

[SAIBAMAIS]Para incentivar os estudantes, a pasta pagará uma bolsa, enquanto durar a medida, de acordo com a carga horária do estágio. Os estudantes podem receber até R$ 1.045. Além disso, os estudantes receberão 10% de pontuação no programa de residência do ministério.

Os alunos selecionados serão supervisionados por profissionais de saúde e farão parte de um cadastro vinculativo, para que os dados de cada estudante fique salvo em caso de um futuro recrutamento.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação