Brasil

Brasileiros estão entre os que menos acreditam no isolamento social

Em pesquisa feita em 15 países, 54% dos brasileiros entrevistados disseram não acreditar que o isolamento social pode evitar a disseminação do novo coronavírus

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 23/04/2020 12:09
Médicos com máscarasEm uma lista de 15 países pesquisados, o Brasil é o segundo que menos acredita na eficácia do isolamento social para reduzir as mortes por coronavírus. É o que mostra pesquisa divulgada nesta quinta-feira (23/4) pelo instituto de pesquisas Ipsos.

De acordo com o levantamento, divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo, 54% dos brasileiros entrevistados responderam que medidas como o isolamento social e restrição de viagens não são capazes de impedir a disseminação da Covid-19.

[SAIBAMAIS]No ranking, o Brasil ficou empatado com a Alemanha. O índice só é menor que o observado na Índia, onde 56% dos entrevistados disseram não acreditar que estratégias desse tipo funcionem. No estudo, foram ouvidas 28 mil pessoas em vários países via um formulário on-line.

Os espanhóis são os que mais acreditam no isolamento: só 34% disseram que ele não funciona. Em seguida aparecem a Austrália (35%), Canadá, Itália e China (36%).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação