Brasil

Pará decreta lockdown em 10 municípios devido à baixa taxa de isolamento

Governador Helder Barbalho anuncia o bloqueio severo quando o Pará soma quase 5 mil contaminados de Covid-19 e 375 mortes

Maíra Nunes
postado em 05/05/2020 19:35
Governador Helder Barbalho anuncia o bloqueio severo quando o Pará soma quase 5 mil contaminados de Covid-19 e 375 mortesO governador Helder Barbalho anunciou que decretará lockdown no município, com bloqueio total das atividades, a partir de quinta-feira (7/5). As medidas para tentar frear o contágio do novo coronavírus englobam 10 municípios.

A maioria da região metropolitana de Belém, além de Vigia de Nazaré, Santo Antônio do Tauá, e Breves. A escolha dos municípios foi feita por aqueles que estão com índice de contaminação maior que 50% da média do estado, que é de
51 casos confirmados para cada 100 mil habitantes. Os 10 municípios englobados no lockdown apresentam 75 casos ou mais para cada 100 mil habitantes.

A princípio, a previsão é de que dure uma semana, quando a medida será reavaliadas. Desde 1 de maio, o governador vinha cogitando a medida. Na última segunda-feira (4/5), o índice de isolamento no Pará ficou em 48,27%, abaixo dos 50% considerados mínimo para ser eficaz na desaceleração da transmissão do vírus. O ideal é 70%, segundo especialistas.

No mesmo dia, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, alertou a população sobre a intenção de declarar lockdown no município. Nesta terça-feira, o Pará registrou 4.756 contaminados pela Covid-19 e 375 mortes pela doença. A capital Belém abrange a maioria deles, com 2.274 casos confirmados e 198 óbitos.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado também preocupa, pois atinge 88% dos 259 leitos de UTI adultos existentes no Sistema Único de Saúde (SUS). "Sei que é uma medida difícil, mas temos que neste momento salvar a vida da população", disse o governador Helder Barbalho.

[SAIBAMAIS]Sob lockdown, estarão permitidos a abertura apenas de atividades consideradas essenciais, como supermercados, alimentação, bancos, farmácias, casas lotéricas e feiras livres. A circulação de pessoas nas ruas com fim diferente dessas atividades não é permitida.
Nos primeiros dias, os habitantes das cidades submetidas ao bloqueio total serão monitorados em caráter educativo. A partir de domingo, o descumprimento das novas regras poderá resultar em punições.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação