Brasil

Covid-19 em MG: já são 139 mortos; estado passa a contar recuperados

Outra novidade do boletim diário são os casos em acompanhamento; pandemia já se alastrou para mais de um terço das cidades mineiras

Cecília Emiliana/Estado de Minas
postado em 14/05/2020 14:50
Outra novidade do boletim diário são os casos em acompanhamento; pandemia já se alastrou para mais de um terço das cidades mineirasA pandemia do novo coronavírus matou 139 pessoas em Minas Gerais - o equivalente à lotação aproximada do Teatro Marília, no Bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte. O aumento é de quatro vítimas em 24 horas. Os dados são do informe epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) desta quinta-feira (14), que passou a contar o número de recuperados da doença. Até o momento, são 1.680.

Agora, o boletim também exibe o total de casos em acompanhamento, ou seja, notificações que não evoluíram para óbito, cujo quadro clínico é supervisionado ou aguarda atualização pelos municípios. São 2.131 casos nessa condição em Minas.

As pessoas que morreram são de Governador Valadares, no Vale do Aço (homem de 56 anos); Caxambu, no Sul de Minas (mulher de 81 anos); Alfredo Vasconcelos, na Região Central, (mulher de 27 anos), e Betim, na Grande BH (mulher de 74 anos). O relatório aponta problemas crônicos de saúde para todos os pacientes.

O total de infectados é de 3.950, alta de 217 na comparação com o boletim anterior. Belo Horizonte, com 1040 contaminações e 28 óbitos, segue no topo do ranking com larga diferença. Na sequência, vem Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 381 contaminados e 15 mortos.

A doença já se alastrou para 288, dos 853 municípios. Ou seja: 33% do estado apresenta casos confirmados ou mortes provocadas pelo vírus. Nesta quinta, 14 localidades entraram para a lista. Entre elas, Vespasiano, na Região Metropolitana - até então, única cidade mineira com mais de 100 mil habitantes livre do surto. Nessa quarta-feira (13), a prefeitura confirmou a contaminação de dois pacientes nos bairros Vila Esportiva e Novo Horizonte. A relação de estreantes inclui também:

  • Andradas
  • Andrelândia
  • Bocaiúva
  • Delfim Moreira
  • Inhapim
  • Miradouro
  • Monte Sião
  • Oliveira
  • Passa Quatro
  • Piedade dos Gerais
  • Piranguinho
  • Piraúba
  • Vespasiano
  • Visconde do Rio Branco


Dados excluídos

[SAIBAMAIS]Os casos suspeitos de covid-19 deixaram de ser exibidos no balanço diário da secretaria. De acordo com a SES-MG, eles permanecerão em monitoramento, mas serão registrados nos sistemas oficiais como "Síndrome Gripal Inespecífica, por não preencherem, em sua integralidade, critério para investigação laboratorial".

O total de óbitos em investigação é mais um dado removido do relatório. A justificativa da SES-MG para a modificação é de que o órgão vai priorizar "a divulgação de indicadores que melhor traduzam a dinâmica da doença no estado".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação