Publicidade

Correio Braziliense

Lotéricas e bancos passam a funcionar sem restrição de horários em BH

Medida assinado pelo prefeito Alexandre Kalil também vale para agências de correio e UAI's


postado em 27/05/2020 12:49

Na manhã desta quarta -feira já houve formação de fila sem respeito ao distanciamento social em frente a unidade do UAI praça 7(foto: Edésio Ferreira/EM)
Na manhã desta quarta -feira já houve formação de fila sem respeito ao distanciamento social em frente a unidade do UAI praça 7 (foto: Edésio Ferreira/EM)
O Prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil assinou nessa terça-feira (26) um decreto retirando a restrição de horário de funcionamento sobre agências bancárias (e demais instituíções de crédito), casas lotéricas, agências de correio e telégrafo e UAIs (Unidades de Atendimento Integrado do Estado de Minas Gerais), que são responsáveis por fazer e distribuir documentos oficiais para população e fazer atendimentos relacionados ao Governo do Estado.

O decreto foi publicado na manhã dessa quarta-feira (27) no Diário Oficial do Município (DOM) e entra em vigor desde já, permitindo que essas instituições abram as portas em qualquer horário. Até então o horário de funcionamento permitido para essas instituições era entra 10h e 16h.

Além disso, as UAIs agora constam na lista de atividades comerciais e públicas, que não poderão mais ser suspensas. Com a mudança, os centros de atendimento que funcionam em shoppings e centros comerciais também vão poder abrir, "desde que adotadas as medidas estabelecidas pelas autoridades de saúde de prevenção ao contágio e contenção da propagação de infecção viral relativa à covid-19."

A decisão de Kalil faz parte da retomada gradual do comercio e atividades na cidade. Nessa segunda-feira (25) cerca de 10 mil empresas receberam a autorização para abrir as portas e o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de BH está analisando o desenrolar desses primeiros dias e conforme o andamento mais comercios poderão retomar as atividades nas proximas semanas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade