Publicidade

Correio Braziliense

Covid-19: Brasil ultrapassa 1,6 milhão de casos confirmados

Nas últimas 24 horas, foram registrados 26 mil casos e 602 mortes. Ceará, que ultrapassou ontem o Rio de Janeiro em número de casos, segue em segundo lugar no ranking, atrás apenas de SP


postado em 05/07/2020 20:03 / atualizado em 05/07/2020 20:50

(foto: Reprodução/Agência Brasil)
(foto: Reprodução/Agência Brasil)
O Brasil ultrapassou neste domingo (5/7) a marca de 1,6 milhão de casos confirmados de covid-19. Conforme dados do Ministério da Saúde, foram registrados 26.051 casos da doença nas últimas 24 horas e 602 óbitos, chegando ao total de 64.867 pessoas mortas.

O país segue sendo o segundo no mundo em número de casos e óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos, que possui 2,8 milhões de casos e 129,8 mil mortes. Os dados são compilados pela Universidade Johns Hopkins (EUA).

São Paulo é o epicentro da covid-19 no Brasil, com 320,1 mil confirmações para covid-19 e 16 mil mortes. No ranking mundial, se comparado ao número de outros países, o estado está atrás, apenas, dos EUA, Brasil, Rússia e Índia, possuindo mais casos que o Peru, Chile, Inglaterra, Espanha e Itália, por exemplo.

O Ceará ultrapassou no último sábado (4) o Rio de Janeiro, e se mantém em segundo lugar no ranking nacional, com 121.464 casos. O Rio possui um pouco menos, 121.292, mas está na segunda posição quando se observa o número de óbitos, com 10.667 pessoas mortas pela doença. Já o Ceará possui 6.441 óbitos. 

Os números do ministério informam também que o Brasil possui 631.902 pessoas em acompanhamento e 906.286 casos de pacientes que se recuperaram. A quantidade diverge da informação no site de acompanhamento da Universidade Johns Hopkins. Lá, constam mais de 1 milhão de casos recuperados. Se assim o for, o número é maior que o dos Estados Unidos, que possui 906.763 recuperados, conforme a plataforma.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade