Natiruts convidou os brasilienses para surfar no Lago Paranoá

Surfista do Lago Paranoá foi um dos sucessos do primeiro disco da banda, Nativus, lançado em 1997.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/04/2013 13:00 / atualizado em 10/04/2013 14:44

-->

-->

Crédito: Jorge Cardoso/CB/D.A Press. Brasil - GO.

Os praticantes de esportes aquáticos da capital têm muito a agradecer ao Natiruts. Foi com Surfista do Lago Paranoá que a banda mostrou para a cidade e para o Brasil que o nosso lago é mais do que um refresco para a seca que "castiga".  A música foi um dos hits do primeiro cd da banda, Nativus, de 1997. E foi um chamado musical para os brasilienses, que passaram a ocupar ainda mais esse espaço inspirador. Modalidades como o stand up, wake board e kite surf dividem espaço com lanchas e barcos que se espalham pelo lago durante os finais de semana.

 

Foi com a postura sonhadora do Natiruts que o reggae firmou-se nas rádios do País e principalmente em Brasília. Hoje a cidade é palco de shows e festivais do estilo musical e bandas da cidade fazem sucesso nacional.

 

Foi em 1996 que Alexandre Carlo, vocalista, conheceu Waldivino Pires de Moraes, o Juninho, com quem começou a tocar em festinhas da cidade. A UnB foi o epicentro da formação do grupo. O primeiro sucesso foi Presente de um beija-flor, gravado de maneira independente. A música teve grande repercussão e chamou atenção da gravadora EMI, que lançou a banda nas rádios nacionais. O conhecido produtor brasiliense Tom Capone produziu dois CDs - Verbalize e Quatro - de um total de seis álbuns de estúdio e dois ao vivo. O último é o registro de um show acústico no Rio de Janeiro em 2012 que gerou um DVD.

Participe


O Natiruts soube cantar as belezas do cerrado como poucos e levou uma mensagem de paz e amor para o cenário musical brasileiro. Pare, mire o horizonte e inspire-se. O Correio Braziliense faz uma homenagem aos 53 anos da cidade e quer ouvir o que os novos compositores e artistas tem a dizer sobre ela. O jornal lança o concurso cultural Canta, Brasília, que vai premiar a canção que melhor represente a grande aniversariante.

Para se inscrever, os participantes devem se inscrever no site do concurso no link www.correiobraziliense.com.br/canta-brasilia e mandar um vídeo com duração de uma a quatro minutos, com a letra original sobre Brasília de autoria própria ou de terceiro que tenha cedido os direitos autorais. Leia todo o regulamento na página do concurso e confira todos os requisitos.

Os vencedores serão escolhidos por uma comissão de representantes do Diários Associados, após votação do público, que elegerá cinco finalistas. Os prêmios são: uma guitarra da fabricante norte americana Fender, oito horas de gravação em estúdio, 30 segundos de veiculação da música vencedora nos intervalos da rádio Clube FM, bem como a publicação da íntegra da letra no caderno especial do aniversário de Brasília. Não dá para perder!

Ouça a música


 

 

Conheça a letra da canção

Surfista do Lago Paranoá


"Eu sou surfista do Lago Paranoá ( 4X )


É meio dia e eu vejo a seca castigar
15% é a umidade relativa do ar
Eu vou a clube a fim de me refrescar
Mas sinto falta de uma maré pra me levar
Aí eu vejo a piscina de ondas funcionar
E na TV surf brazuca arrebentar
Eu logo tiro uma conclusão elementar
Vou comprar uma prancha pra no mundo do surf me integrar


Eu sou surfista do Lago Paranoá ( 4X )


Eu sei que o Havaí não é aqui, que o mar está longe daqui
Mas pra quê que eu quero o mar se tenho o lago pra mim
Prometo que eu vou me esforçar pra um dia no topo eu chegar
E o mundo vai conhecer, surf lacustre que eu vou desenvolver"

Conheça outras músicas que marcaram Brasília

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.