Publicidade

Correio Braziliense

O bloco infantil Pintinho de Brasília leva 2 mil foliões para as ruas

A criançada caprichou nas fantasias de heróis, princesas, bruxinhas, fadinhas e unicórnios


postado em 12/02/2018 14:05 / atualizado em 12/02/2018 18:05

(foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/D.A Press)
(foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/D.A Press)

 
A folia do Galinho Infantil, o Pintinho de Brasília, arrastou 2 mil crianças em sua primeira edição, de acordo com a organização do evento. A brincadeira foi certa, com bombinhas, espuma, confete e serpentina, tudo ao som das tradicionais marchinhas infantis. A criançada caprichou nas fantasias. A maioria dos meninos se vestiu de heróis, enquanto as meninas preferiram as princesas. Mas não faltaram bruxinhas, fadinhas e os unicórnios.

A pequena Lavínia Arruda, de 1 ano, chegou vestida de unicórnio para o seu primeiro carnaval, acompanhada da mãe, a analista de sistemas Nadya Vieira, 34, e do pai Romero Arruda, 33, moradores do Sudoeste. "Apesar da pouca idade, ela se divertiu muito, e de uma maneira completamente saudável, ao lado de outras crianças. Para mim, a festa deve ser incentivada, desde que haja respeito", afirma o pai.
 
Ver galeria . 26 Fotos As crianças se divertiram no bloquinho Pintinho Infantil nesta segunda-feira (12/2)Bárbara Cabral/Esp.CB/D.APress
As crianças se divertiram no bloquinho Pintinho Infantil nesta segunda-feira (12/2) (foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/D.APress )
 
 
As crianças também puderam fazer um passeio pelo trenzinho infantil, que era acompanho pelo mascote do bloco, o Galinho. O servidor público Marcelo Camilo, 45, e a esposa, a também servidora pública, Ana Carolina trouxeram os filhos Pedro, de 3 anos, e Lucas, 2, para a folia.

Os meninos, fantasiados de Batman e Super Homem se divertiram no trenzinho. "Eles se amarram no trenzinho, foi algo que eles gostaram muito. Mas eles aproveitaram todo o evento, além de poderem aprender um pouco dessa cultura carnavalesca, com as marchinhas infantis", diz Marcelo.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade