Publicidade

Correio Braziliense

Acerto de contas termina em morte

 


postado em 10/05/2008 21:53 / atualizado em 10/05/2008 21:55

Um acerto de contas por briga familiar tirou a vida do adolescente Fernando da Silva, 15 anos, às 23h desta sexta-feira. O alvo, contudo, era um amigo, da mesma idade, que meses antes teria brigado com a irmã do principal suspeito, Rafael Soares Fernandes, 25. Fernando e o amigo, conversavam na QS 12, esquina do conjunto 3-B, no Riacho Fundo, quando o autor, com uma pistola, teria chegado à pé, atirado diversas vezes contra os jovens e fugido em um carro, estacionado a poucos metros do local do crime. Baleado no tórax, Fernando não resistiu e morreu no local. O colega foi ferido nas costas e no braço esquerdo e foi socorrido no Hospital Regional de Taguatinga. Passa bem. O possível autor, que cumpria prisão domiciliar por tráfico de drogas, está foragido. Para o delegado plantonista da 29ª DP (Riacho Fundo), Paulo César Barongeno, Rafael quis se vingar do amigo de Fernando, que teria se desentendido com a irmã do autor, em março. "Ele (autor) não queria o Fernando, e sim a vítima sobrevivente", acredita Barongeno. A hipótese de que o crime tenha sido motivado por tráfico de drogas foi descartada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade