Publicidade

Correio Braziliense

Governo decide manter Eixão do Lazer

A comunidade continuará a aproveitar a via aos domingos e feriados, no horário tradicional das 6h às 18h, para caminhar ou pedalar. Representantes de moradores, ciclistas e corredores comemoram


postado em 21/05/2008 08:15 / atualizado em 21/05/2008 11:28

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê um dia claro e ensolarado nesta quinta-feira (22/05), feriado de Corpus Christi. A manhã começa fria, com temperatura em torno de 12ºC, mas o tempo fica mais quente a partir das 10h. Nas horas de maior calor, os termômetros marcarão 27ºC. A previsão do tempo é ideal para os brasilienses aproveitarem o feriado ao ar livre. Melhor ainda para quem costuma fazer caminhadas no Eixo Rodoviário, pois não precisará se preocupar com a hora de voltar para casa. O governador José Roberto Arruda decidiu manter o horário de funcionamento do Eixão do Lazer aos domingos e feriados das 6h às 18h. A decisão do governador foi tomada nesta terça-feira (20/05), após o resultado de uma primeira consulta à população do Plano Piloto. Durante dois dias, segunda-feira e ontem, o instituto Soma Opinião e Mercado entrevistou 352 moradores das asas Sul e Norte e perguntou se eram favoráveis ou contrários à proposta feita pela Secretaria de Transportes de abrir o Eixo Rodoviário aos veículos a partir das 12h aos domingos e feriados. O levantamento concluiu que 43% concordavam com a mudança em definitivo, 12% aprovavam a alteração desde que temporária e 32% eram contra a restrição de horário. Além disso, 9% se declararam indiferentes e 5% não souberam responder. Apesar do resultado favorável à proposta do governo, Arruda concluiu que a pesquisa não dava segurança à alteração e preferiu não ir de encontro à comunidade que defende a manutenção do Eixão do Lazer durante todo o dia. “Como eu disse desde o início, a palavra final é do governador. A minha obrigação como secretário era demonstrar o problema tecnicamente e foi o que fiz. A pesquisa mostra que eu tinha razão ao dizer que poucas pessoas usam o Eixão na parte da tarde”, reiterou o secretário de Transportes do DF, Alberto Fraga. Lugar preferido para se exercitar O governador decidiu manter o Eixão do Lazer antes mesmo do resultado de um segundo levantamento, que vem sendo feito com todos os moradores do DF e deve ser concluído até o começo da próxima semana. Fraga defendia que o Eixão ficasse aberto aos pedestres apenas na parte da manhã sob a alegação de que as obras de duplicação da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) congestionam o trânsito, mesmo aos domingos, e que o número de freqüentadores do Eixão do Lazer era pequeno. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) chegou a medir a quantidade de pessoas no Eixão e mostrou que 2.462 pedestres e 1.825 ciclistas usaram a via como lazer em 27 de abril, dos lados sul e norte. O movimento, de fato, fica menor na parte da tarde. A primeira consulta também mostrou que o Eixão é o local preferido de quem faz caminhadas durante o fim de semana. Dos 352 entrevistados, 133 (ou 38%) afirmaram caminhar no Eixo Rodoviário. Apenas 18% deles (ou 64 pessoas) usam o Parque da Cidade e 9% (31 pessoas) caminham nas entrequadras. Um total de 97 pessoas (28%) contou que não pratica esportes no fim de semana. O instituto Soma também quis saber a opinião dos moradores do Plano Piloto em relação às obras na Epia. Para 102 entrevistados, os congestionamentos ocorrem porque o governo planejou mal a ampliação da estrada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade