Publicidade

Correio Braziliense

Alunos fazem protesto na Faculdade Alvorada

 


postado em 23/06/2008 22:37 / atualizado em 23/06/2008 22:41

Alunos da Faculdade Alvorada paralisaram as aulas da instituição nesta segunda-feira (23/06) para protestarem contra a falta de estrutura do novo câmpus da faculdade. Entre as principais reclamações dos alunos está a deficiência na estrutura para as aulas práticas de Educação Física. Segundo um aluno do quarto semestre, que não quis se identificar, os estudantes não têm local para praticarem o que é aprendido dentro das salas. “Não dá para não fazer as aulas práticas e é impossível concluir o curso assim”, reclama. Os estudantes reclamam da condição de outras instalações: denunciam que faltam extintores de incêndio nos corredores do novo prédio. As reclamações começaram depois que a faculdade mudou do antigo câmpus na 916 Norte para uma nova estrutura na 516 Norte, em janeiro deste ano. A direção da Faculdade Alvorada nega todas as denúncias feitas pelos alunos. Eles informaram que a mudança para o novo endereço foi feita para beneficiar os alunos com salas de aulas mais amplas e que o novo prédio oferece “ótima infra-estrutura”. “ Nós não contávamos com esse apitaço. Em momento algum chegou até a direção uma reclamação oficial desses alunos”, revelou a assessora pedagógica da faculdade, Ana Cristina Alencar. A assessora também informou que no câmpus não existem quadras para as aulas práticas de Educação Física, mas que a instituição encaminha esses alunos para outros locais, como a Casa do Ceará, onde há aulas em quatro dias da semana. A direção da instituição e 30 representantes dos alunos estão reunidos para discutir as reivindicações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade