Publicidade

Correio Braziliense

Laudo do IML confirma violência

 


postado em 26/06/2008 15:42 / atualizado em 26/06/2008 23:52

O delegado Antônio Romeiro, da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) adiantou que o laudo do Instituto Médico Legal (IML) do exame de necropsia feito na índia Jaiya Pewewiio Tfiruipi Xavante constata que “um objeto contundente foi introduzido no ânus e na vagina” da indígena. O objeto, segundo laudo, perfurou o baço, estômago e diafragma, causando infecção generalizada. A jovem índia tinha baixa estatura, 1,35m e pesava apenas 33 kg. Ela teve meningite na infância. Por causa da doença, não falava e não conseguia se locomover.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade