Publicidade

Correio Braziliense

GDF se reúne com permissionários de vans nesta segunda para tentar acordo

 


postado em 20/07/2008 22:28 / atualizado em 20/07/2008 22:43

Após uma semana conturbada, com protestos dos permissionários de vans contra a portaria da Secretaria de Transportes que os tira das ruas a partir do dia 25, o governo do Distrito Federal (GDF) começa, a partir desta segunda-feira (22/07), a tentar encontrar uma saída para a situação. Representantes do Sindicato dos Permissionários do Transporte Público Alternativo (Sintrafe) vão se reunir, em horário ainda não definido, com o chefe da Casa Civil do governo local, José Geraldo Maciel, para discutir o assunto. De acordo com o presidente do Sintrafe, Fontedejan Santana, o GDF já adiantou algumas propostas aos permissionários e trabalhadores do sistema alternativo. Ele, entretanto, preferiu não comentar por enquanto o que teria sido oferecido pelo governo. “A nossa conversa com eles começa na reunião. O que a gente reivindica todo mundo já sabe. Queremos o fim da licitação dos microônibus, que a nosso ver foi irregular; e também não concordamos com essa portaria que proíbe a gente de circular”, afirmou Santana, referindo-se a processo licitatório que, no final do ano passado, selecionou empresas e cooperativas para administrarem linhas de 450 microônibus que viriam substituir as vans. Como uma das concorrentes foi desclassificada, a princípio serão colocados nas ruas do DF 350 microônibus, a partir de 26 de julho. O Sintrafe alega que a licitação ocorreu de forma irregular e se ampara nos pareceres do Tribunal de Contas do DF e do Ministério Público do Distrito Federal, que disseram haver incorreções no edital. A Secretaria de Transportes licitou as linhas após obter liminar, e a questão aguarda decisão da Justiça. Vans circularão normalmente nesta segunda Caso não haja acordo com o GDF esta semana, os trabalhadores das vans - que entre quinta e sexta-feira ficaram mais de 24h parados em frente à Residência Oficial de Águas Claras com o fim de chamar a atenção do governador José Roberto Arruda - prometem novas manifestações. De acordo com Fontedejan Santana, as vans estarão circulando normalmente nesta segunda. Na semana passada, o secretário de Transportes, Alberto Fraga, chegou a anunciar que adiantaria a proibição de circulação dos veículos do transporte alternativo para o início da semana e não mais para o dia 25. Voltou atrás, mas afirmou que poderia fazer valer o veto antecipadamente a qualquer momento caso houvesse nova paralisação dos serviços. Fraga e José Roberto Arruda estão em Washington, tratando de empréstimos para projetos do governo local - dentre eles, para o programa Brasília Integrada, de reformulação do transporte coletivo - e, por isso, a negociação com os permissionários será iniciada por José Geraldo Maciel. Atualmente, 672 vans do Sistema de Transporte Alternativo (STPA) circulam no Distrito Federal e, segundo o Sintrafe, geram cerca de 4,5 mil empregos diretos. Elas não podem fazer trajetos no Plano Piloto: os permissionários administram linhas nas demais cidades do DF.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade