Publicidade

Correio Braziliense

Sargento da Polícia Militar é morto a tiros na porta de casa

 


postado em 23/08/2008 13:59 / atualizado em 23/08/2008 16:52

Um homem – ainda não identificado – é acusado de ter matado o sargento da Polícia Militar, João Valério da Silva, 48 anos. O sargento foi surpreendido quando saia de casa acompanhado da esposa e de dois filhos, na quadra 29, lote 6, do Setor Oeste do Gama. A 14ª delegacia de polícia (Gama) trabalha com a hipótese de execução. João Valério estava lotado na 12º Companhia de Polícia Militar Independente (CPMind). Por volta das 21h30 desta sexta-feira, o homem teria se aproximado do veículo da família e disparado vários tiros contra o sargento, sem anunciar assalto. Um dos tiros acertou o peito de João Valério, que morreu ao chegar no Hospital Regional do Gama (HRG). Após os disparos o acusado subiu em uma moto – conduzida por um rapaz – e evadiu do local. A 14ª DP investiga o caso. Familiares e colegas de trabalho da vítima serão convidadas a depor. A intenção é descobrir se o sargento estava sendo ameaçado de morte ou se tinha algum inimigo. “Tudo indica que é execução, que o homem foi até o local para praticar o homicídio”, afirmou o delegado da 14ª DP (Gama), Vicente Paranahiba.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade