Cidades

Chuva do fim de semana alivia seca por um dia

A previsão do tempo para está semana prevê céu claro a parcialmente nublado, com névoa seca e temperaturas elevadas.

postado em 01/09/2008 09:38
A chuva que caiu no Distrito Federal na noite de sábado (30/08) e manhã de domingo não deve continuar, segundo a previsão do tempo feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Uma massa de ar vinda do sudeste foi a responsável pela chuva, que na capital mineira, Belo Horizonte, provocou um forte temporal com a queda de várias árvores. Aqui em Brasília, a chuva foi mais intensa na região do entorno. Em Águas Lindas a precipitação fez com que o ambulante, vendedor de frutas no Parque da Cidade, João Lopes, desistisse de trabalhar. ;A chuva começou cedo e como preparo lanches que perdem fácil resolvi não arriscar;. Para quem foi almoçar na Festa do Morango, em Brazlândia, o tempo molhado aliviou a poeira. Como as barradas são armadas sob toldos, não houve problemas para os expositores e consumidores. [VIDEO1] As pessoas foram a Esplanada dos Ministérios para assistir a ópera "A flauta mágica", de Amadeus Mozart, encenada ao ar livre na noite de sábado, tiveram de ir embora antes do final. O maestro Silvio Barbato, que regia a ópera, foi obrigado a suspender a apresentação por causa da chuva. "Faltavam apenas 15 minutos para a ópera chegar ao fim, mas temos instrumentos sofisticados e caríssimos que não podem ser molhados. Não tínhamos outra decisão", explicou Barbato. "A flauta mágica fez chover em Brasília, depois de três meses de seca", brincou. O espetáculo será reencenado na Ceilândia, mas a data ainda não foi definida. A previsão do tempo para está semana prevê céu claro a parcialmente nublado, com névoa seca e temperaturas elevadas. Por causa da chuva no domingo, hoje pela manhã houve uma elevação na umidade relativa do ar, que girou em torno de 70%. Nas horas mais quentes do dia a umidade deve cair para 25%. As temperaturas devem variar entre 16° e 28°. Segundo o chefe da previsão do tempo do Inmet, Luis Cavalcante, as precipitações devem chegar de vez só na última semana de setembro e, por enquanto, a possibilidade de chuva é mínima.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação