Publicidade

Correio Braziliense

Invasor do Palácio da Alvorada continua internado

 


postado em 07/10/2008 11:24 / atualizado em 07/10/2008 12:14

O estado de saúde de Denysberg Carvalho, 22 anos, que tentou invadir o Palácio da Alvorada, na manhã de domingo (05/10), é estável. Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital de Base de Brasília (HBB) – onde se encontra internado – Carvalho está lúcido e orientado, com o membro inferior direito imobilizado. Após cirurgia que restaurou artérias do joelho e em que, pelo menos, 10 pedaços de projéteis foram removidos, o jovem foi transferido para a enfermaria da ortopedia. Lá, permanecerá internado para antibióticoterapia venosa – injeção de antibióticos na veia – e posterior fixação da fratura. Não há previsão de quando Denysberg receberá alta. A invasão Depois de sair de uma festa, o jovem caminhou até o palácio, pulou e atravessou o espelho d’água – são cerca de 2,5 m –, e desobedeceu a placa “proibido pisar na grama” e as ordens de um dos soldados que estavam de plantão. O militar advertiu o infrator verbalmente e, posteriormente, diparou um tiro para cima. Como Denysberg continuava a correr em sua direção, o soldado atirou no rapaz com uma calibre 12 e o atingiu pouco acima do joelho direito. Denysberg assinou, ainda no domingo, um termo circunstanciado e, quando receber alta, responderá em liberdade pelo crime de desobediência — previsto no artigo 330 do Código Penal. A legislação prevê pena de 15 dias a seis meses de prisão. O juiz pode, no entanto, optar por penas alternativas, como a distribuição de cestas básicas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade