Publicidade

Correio Braziliense

Corpo de mulher encontrado em píer do Lago Sul permanece não identificado

 


postado em 09/10/2008 13:17 / atualizado em 09/10/2008 15:59

A identidade da mulher encontrada morta na tarde de quarta-feira (08/10), na QL 12, atrás do conjunto 14, do Lago Sul, ainda, não foi descoberta. Agentes da 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul) continuam em diligência. O corpo da mulher branca, cerca de 45 anos, foi achado boiando próximo ao píer da residência oficial do Adido dos Estados Unidos. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal nesta quarta-feira (09/10) para necropsia, que apontará as causas da morte. O resultado do exame ainda não foi concluído. Peritos do Instituto de Identificação da Polícia Especializada recolheram as digitais da vítima. No momento, a polícia trabalha na busca pelo reconhecimento da vítima nos bancos de dados do Distrito Federal. Também não foi constatada nenhuma ocorrência de desparecimento nas últimas 24h. A vítima foi encontranda boiando, com o corpo bastante inchado. A polícia acredita que ele estava no lago há mais de dois dias. A mulher estava com jóias, relógio, calça preta e blusa. A 10ª DP, que investiga o caso, acredita que irá reconhecer o corpo da vítima ainda hoje.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade