Publicidade

Correio Braziliense

Reclamações de falta de segurança aumentam após seqüestro

 


postado em 05/11/2008 13:02 / atualizado em 05/11/2008 17:57

Após seqüestro de aluna do Instituto de Relações Internacionais no estacionamento da Universidade de Brasília (UnB), o presidente do Diretório Central de Estudante (DCE), Fábio Félix, afirma que reclamações acerca da falta de segurança aumentaram. Segundo ele, os trabalhos do diretório se concentrarão, a partir de agora, em exigir mais iluminação e vigias. “A falta de luz e o pequeno número de vigias aumentam a insegurança dos alunos”. Para Fábio Félix, as características do campus da universidade exigem policiamento reforçado não apenas em âmbito local. “Quem tem que fazer policiamento aqui dentro é a policia federal e não a militar”. Investigações A Delegacia de Repressão a Seqüentros (DRS), responsável pelas investigações, afirma que elas seguem apenas uma linha de raciocínio. No entanto, não divulgaram mais informações para não prejudicar as investigações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade