Publicidade

Correio Braziliense

Autuações por embriaguez aumentam mais de 80% em 2008

 


postado em 18/11/2008 20:10 / atualizado em 18/11/2008 20:15

De janeiro a outubro de 2008 a polícia autuou 448 motoristas por embriaguez, em todo o ano de 2007 foram 247, um aumento de 81%. Os números foram divulgados nesta terça-feira (18/11) durante o I Seminário Internacional Redução de Mortes e Acidentes promovido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Os organizadores pretendem conscientizar a população sobre os problemas no trânsito causados pelo uso de bebidas alcoólicas. Segundo dados da PRF, 7,86% dos acidentes de carro registrados no Centro-Oeste aconteceram nas estradas que cortam o DF. Destes, 6,83% foram fatais. Nacionalmente, esse número representa, respectivamente, 0,74% e 0,76% dos acidentes nas estradas brasileiras. "Se formos comparar com países europeus é sempre um número alarmante e lógico que nossa intenção é buscar o índice zero. Mas no DF o trabalho de fiscalização de da combinação de álcool e volante tem sido muito efetiva " afirmou a coordenadora-geral de operações da PRF, Jaqueline Filgueiras. No segundo semestre do ano, os números aumentam e os acidentes costumam ser mais graves. Além disso, os horários em que mais acontecem é entre 6h e 10h e após as 16h, assim como aumenta a incidência de sexta-feira a domingo. Isso principalmente porque aumenta o número de pessoas nas vias. Durante o evento, a Polícia Rodoviária Federal anunciou a compra de 3 mil aparelhos que devem ser adquiridos nos próximos meses. O debate segue amanhã com a palestra do diretor-geral do Detran-DF, Jair Tedeschi, sobre o impacto do índice de mortalidade no trânsito, às 10h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade