Publicidade

Correio Braziliense

Professores avaliam proposta do governo

 


postado em 27/04/2009 11:35 / atualizado em 27/04/2009 11:40

Nesta segunda-feira (27/4), representantes do Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) apresentam, nas regionais de ensino, a proposta do Governo do Distrito Federal para acabar com a greve. Os profissionais votarão amanhã pela suspensão ou não da paralisação, que já dura duas semanas. O GDF promete conceder, até março de 2010, os 15,31% de reajuste que os docentes reivindicam. O aumento imediato seria de 5% em 90 dias e em novembro, dependendo da receita que entrar nos cofres públicos. O percentual seria completado no início de 2010, quando os professores devem receber ainda outro reajuste referente à variação do Fundo Constitucional, repassado ao DF pelo governo federal. No entanto, o Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) adiantou, durante a assembleia desta sexta-feira (24/4), que a proposta é insuficiente, apesar de terem admitido que houve avanço por parte do governo. A categoria reforçou que os professores não podem esperar 90 dias para receber qualquer aumento. Eles prometem tentar mais avanços na proposta do governo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade