Publicidade

Correio Braziliense

Blitze resultam em mais de quatro mil autuações


postado em 10/07/2009 16:33 / atualizado em 10/07/2009 20:47

A Secretária de Transportes (Setrans) divulgou nesta sexta-feira (10/7), o resultado das blitze feitas desde 1º de janeiro. Segundo a Setrans, foram constatadas irregularidades em 4.001 veículos. Desses, 824 eram piratas, sendo 82 ônibus, três micro-ônibus, 240 vans e 499 carros de passeio.

As principais notificações foram por excesso de passageiros, pirataria e falta de equipamentos obrigatórios, além de pneus carecas, problemas elétricos, extintor de incêndio vazio ou vencido.

As blitze aconteceram em todas as regiões administrativas do DF. As autuações relativas ao Sistema de Transporte Público Coletivo do DF variam de R$ 127 a R$ 1.080 e de R$ 2 a R$ 5 mil, no caso de pirataria. As multas referentes ao transporte interestadual variam de R$ 900 a R$ 4 mil.

Balanço de veículos notificados ou apreendidos
Janeiro – 644 veículos, sendo 45 micro-ônibus e 526 ônibus, 73 vans;

Fevereiro – 564 veículos, sendo 405 ônibus, 159 vans;
Março – 553 veículos, sendo 497 ônibus urbanos e 56 semi-urbanos;

Abril – 587 veículos, sendo 587 ônibus;

Maio – 499 veículos, sendo 38 micro-ônibus e 461 ônibus;

Junho – 317 veículos, sendo 137 ônibus urbanos e 180 ônibus semi-urbanos;

Julho – 13 veículos, sendo 13 ônibus;


Total: 3177

Piratas apreendidos
Janeiro – 107 veículos, sendo nove ônibus, três micro-ônibus, uma van e 94 carros de passeio;
Fevereiro – 165 veículos, sendo 21 ônibus, 79 vans e 65 carros de passeio;
Março – 189 veículos, sendo 36 ônibus, 78 vans e 75 carros de passeio;
Abril/09 – 177 veículos, sendo 5 ônibus, 69 vans e 103 carros de passeio;
Maio – 111 veículos, sendo 10 ônibus, 11 vans, 90 carros de passeio;
Junho – 55 veículos, sendo 53 carros de passeio; 02 vans;
Julho – 20 veículos, sendo 1 ônibus e 19 carros de passeio;


Total: : 824

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade