Publicidade

Correio Braziliense CARTÃO-POSTAL EM CONSTRUÇÃO

Homens e máquinas trabalham na fundação da nova Torre de TV, um monumento projetado por Niemeyer


postado em 25/07/2009 08:15 / atualizado em 25/07/2009 08:30

Torre de TV Digital terá altura igual à de prédio de 62 andares(foto: GDF/Reprodução )
Torre de TV Digital terá altura igual à de prédio de 62 andares (foto: GDF/Reprodução )
As escavações da nova Torre de TV, próxima ao Setor Colorado, em Sobradinho, foram paralisadas ontem à tarde para que o momento em que se constrói a fundação do futuro ponto turístico da capital federal fosse registrado. As imagens do buraco de 13 metros de profundidade agora fazem parte do acervo do Arquivo Público do Distrito Federal e se juntarão a outras que retratam a construção de Brasília. “Hoje, a gente não dá muita importância. Mas, daqui a alguns anos, essas fotografias serão importantes”, disse o superintendente do órgão, Luiz Ribeiro Mendonça.

Representantes de órgãos responsáveis pela construção do ponto de recepção do sinal da TV digital estiveram presentes. Entre eles, o secretário de Cultura, Silvestre Gorgulho, e o presidente da Terracap, Antônio Gomes. O projeto arquitetônico da torre é assinado por Oscar Niemeyer.

O novo monumento será entregue em 21 de abril de 2010, no 50º aniversário de Brasília. A obra custará R$ 65 milhões aos cofres públicos. E o dinheiro será desembolsado pela Terracap. A empresa pública é a dona do terreno de 40.000m², onde está situada a torre, à margem da DF-001, que liga a BR-020 ao Paranoá. O local foi escolhido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por ser um dos pontos mais altos do DF. “Houve um estudo da difusão do sinal que pesou na escolha do lugar”, informou Silvestre Gorgulho.

Visão panorâmica
O monumento terá 185m de altura (equivalente a um prédio de 62 andares), 39 metros a mais que a atual Torre de TV, situada no Eixo Monumental. Será composto por duas partes: 120m de concreto erguidos do chão e 56m de estrutura metálica. A construção será executada pela Secretaria de Obras. O titular da pasta, Márcio Machado, garantiu que ela será entregue no ano que vem. “Pode ser que a gente conclua antes, pois as obras estão em ritmo acelerado”, disse.

A torre será responsável pela transmissão digital de 12 TVs abertas que farão uso do seu sinal. Ela foi planejada com a ajuda de engenheiros das principais redes de televisão do país. A base de sustentação da estrutura metálica será composta de 246 estacas que ficarão na profundidade de 13 metros. Do alto, o visitante poderá observar Brasília de um dos três mirantes que serão abertos ao público. Ela emitirá sinal somente para as residências localizadas nas asas Sul e Norte. “Hoje, existe uma antena instalada no Senado Federal que já transmite o sinal digital para a Asa Norte”, informou Gorgulho.

Taquari
O novo cartão-postal da cidade terá também bares, restaurantes, bancas de revistas e estacionamento público. Tudo isso para atrair a atenção dos turistas. “Vamos induzir as pessoas a virem para essa região norte do DF com mais essa opção”, acredita o secretário de Cultura. Com uma visão mais econômica, Antônio Gomes acredita que a construção da Torre de TV Digital valorizará o Setor Taquari. “O preço de um lote, no Taquari, hoje, é de aproximadamente R$ 150 mil. Esse valor será acrescido com a construção dela, pois o turismo aumentará bastante nessa região”, ressaltou o presidente da Terracap. “Será um verdadeiro polo turístico”, acrescentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade