Publicidade

Correio Braziliense

Projeto ExpressAção encerra ciclo de oficinas


postado em 16/08/2009 13:21

Cerca de 2500 pessoas passaram a manhã deste domingo (16/8) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães para fechar o ciclo de oficinas realizadas em várias cidades do Distrito Federal para crianças de 9 a 18 anos. Pais, amigos e as crianças envolvidas no projeto ExpressAção assistiram a apresentações de teatro, dança e de discotecagem, produzidas pelos jovens.

O projeto começou em outubro de 2008. Em um ano, mais de 12 mil adolescentes passaram pelas oficinas. A cada dois meses, um ônibus do Governo do Distrito Federal (GDF) se instala em uma região administrativa. Com toldos abertos e estrutura suficiente para acolher 900 crianças por vez, o veículo acaba virando a segunda casa dos jovens, que participam do projeto nos horários opostos ao da escola.

Interessados em participar das oficinas ainda têm tempo para se inscrever nas aulas de capoeira, teatro, DJ e operador e montador de micro no Recanto das Emas, na Estrutural e no Jardim Roriz. Dezesseis cidades também contam com Centros de Orientação Socioeducativa (Cose), que oferece o mesmo tipo de trabalho do ExpressAção, mas tem local fixo. "Minha filha mais nova participou do projeto. As aulas de teatro deram a ela uma ajuda moral. As pessoas ligadas ao projeto são uma equipe e ajudam a abrir os olhos dos jovens", contou Zinaide Teixeira da Silveira, 42 anos, estudante e mãe de duas participantes do projeto na Ceilândia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade