Publicidade

Correio Braziliense

Caesb é multada pelo Ibram por vazamento de esgoto no Lago Paranoá


postado em 02/10/2009 19:03 / atualizado em 02/10/2009 19:11

A Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) foi multada em em R$ 24.813,00 por técnicos do Instituto Brasília Ambiental (Ibram). O órgão também terá que retirar os restos de esgoto despejados na microbacia do Ribeirão do Torto, atrás da QL 3 do Lago Norte. Na última segunda-feira (28/9), um cano da quadra se rompeu e esgoto não tratado vazou para o córrego, que desemboca no Lago Paranoá.

A Caesb conseguiu conter o vazamento uma hora depois, mas a tubulação só foi consertada após 12 horas. Enquanto isso, moradores reclamavam do mau cheiro no local. Quatro caminhões de fossa foram levados para o local.

A Caesb não soube precisar o que ocasionou o rompimento da tubulação, que tem apenas 10 anos. De acordo com a companhia, o vazamento foi pequeno e não representou risco às pessoas nem aos peixes.

Segundo o Ibram a Caesb deveria ter comunicado sobre o fato, mas não o fez, o que provocou a autuação. Os fiscais aguardam resultado da análise da água para saber que tipo de substâncias foram levadas pelo esgoto. A Caesb ainda pode recorrer da decisão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade