Publicidade

Correio Braziliense

Metroviários prometem greve para a próxima segunda-feira


postado em 08/03/2010 21:50 / atualizado em 08/03/2010 21:51

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal deve iniciar greve a partir da próxima segunda-feira (15/3), foi o que informou a categoria nesta segunda-feira (8). Eles reinvindicam garantias no Acordo Coletivo de Trabalho, cuja negociação com a Coordenadoria Especial para Assuntos Sindicais do GDF (Cepas) e o Metrô-DF, deve ser encerrada no dia 1° de abril. De acordo com a categoria - de cerca de mil trabalhadores - eles são os servidores concursados com os menores salários.

A categoria atribui essa a causa de um "verdadeiro êxodo no Metrô-DF". Segundo os metroviários, em 2008, 142 trabalhadores concursados do metrô pediram demissão; em 2009 foram 188 empregados e nesses dois meses de 2010 já foram 29.  

Para a categoria, os negociadores falam em crise e busca de governabilidade para atrasar as negociações, mas para os metroviários, o governador em exercício, Wilson Lima, possui condições de governar o DF. "Tanto é verdade que as obras continuam de forma ininterrupta, os atos administrativos que interessam os empresários e governo seguem recebendo recursos do GDF e contando com a sanção do governador, como por exemplo, a terceirização das bilheterias do Metrô/DF, que foi efetivada no sábado (6/3)", disse a categoria em nota.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade