Publicidade

Correio Braziliense CENSO 2010

IBGE começa a atualização de endereços


postado em 16/04/2010 08:35

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) dá início, na próxima semana, a uma operação de pré-coleta de dados em todo o Distrito Federal. O objetivo é atualizar os endereços. O resultado será um mapa que vai orientar os recenseadores, que iniciam o trabalho em agosto. Novas casas, novas ruas e mudanças de endereço serão revistas na primeira etapa do trabalho de recenseamento da população da capital federal.

A coordenadora de divulgação do Censo 2010(1) no DF, Gabriela Dornelles, explicou que esse é um trabalho inovador e deve dar agilidade ao recenseamento. Durante três meses, entre agosto e outubro, os profissionais percorrerão os setores censitários, que é o nome dado às áreas de trabalho na capital federal, com os mapas elaborados, e vão procurar moradores e aplicar questionários. Serão 4.400 setores e 2.820 técnicos. “Cada área leva cerca de um mês para ser concluída. O técnico pode escolher ir para a próxima ou concluir o trabalho”, falou.

Cada setor censitário tem aproximadamente 250 casas. Nessa primeira etapa do trabalho de campo, a população não será abordada. Mas, segundo Gabriela, porteiros e síndicos serão de grande ajuda para os recenseadores. Eles podem fornecer informações importantes sobre as novas edificações que por ventura tenham surgido. “A importância da pré-coleta é que ela otimiza o trabalho do recenseador. É uma iniciativa inédita no Brasil. Antigamente, o próprio recenseador é que atualizava os mapas”, disse.

Estrutura
As administrações regionais também terão um papel importante nesse recenseamento. Várias delas vão ceder espaço para que os técnicos o utilizem como quartel general. Nesses pontos estratégicos, os profissionais vão poder se reunir e, com telefones e acesso à internet, entrar em contato com o IBGE quando for necessário.

Um exemplo é a Administração do Lago Norte, que deve reunir recenseadores que tomarão conta da região administrativa e de outros locais, como o Varjão e o Paranoá. Os supervisores do censo já estão utilizando o espaço cedido para testar os computadores que serão utilizados nos novos trabalhos.

Para o administrador do Lago Norte, Humberto Léda, a colaboração é uma forma de a administração incentivar a população a participar das entrevistas do novo Censo. “A sala é um ponto estratégico. Além disso, quando o trabalho de recenseamento começar, os recenseadores vão estar bem identificados. Os números levantados são importantes. É um retrato da sociedade, que dá aporte para vários trabalhos governamentais”, afirmou.

1 - Contagem da população
O mais conhecido dos censos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) é o demográfico. Esse trabalho reúne diversos dados estatísticos sobre a população brasileira, entre eles a quantidade de pessoas no País.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade