Publicidade

Correio Braziliense

Empresas imobiliárias do DF serão investigadas por irregularidades em propagandas


postado em 25/06/2010 09:58 / atualizado em 25/06/2010 10:17

A 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor vai investigar construtoras de imóveis do Distrito Federal acusadas de utilizar espaços em jornais para veicular publicidade de empreendimentos com ausência de informações. De acordo com o Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT), as empresas informam claramente o memorial da incorporação da obra e em qual cartório foi registrado.

Segundo a Lei de Registros Públicos, é preciso determinar em toda publicidade referente à incorporação imobiliária o número do registro do memorial e a indicação do cartório. O órgão informa que o objetivo do inquérito é apurar os fatos, indicar as responsabilidades e adotar as medidas judiciais e extrajudicionais em defesa dos consumidores.

As construtoras investigadas no inquérito são: Emplavi, Marcos Koenigkan Imóveis, Brasil Brokers, Cobral, Cia Lançamentos Imobiliários e Ferola Empreendimentos Imobiliários.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade