Publicidade

Correio Braziliense

MPE pede impugnação da candidatura de Roriz


postado em 09/07/2010 16:39 / atualizado em 09/07/2010 21:41

O procurador regional eleitoral, Renato Brill, entra nesta sexta-feira (9/7) com ação de impugnação com pedido de cassação do registro da candidatura do ex-governador Joaquim Roriz (PSC), tendo como base a Lei da Ficha Limpa. A ação tramita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF).

A Lei da Ficha Limpa veda candidaturas de políticos que renunciaram ao mandato quando já havia representação por quebra de decoro parlamentar protocolada contra si. É o caso de Roriz, que renunciou ao mandato de senador em 2007, depois de ter sido divulgada uma conversa sua com o ex-presidente do Banco de Brasília (BRB) Tarcísio Franklim de Moura sobre a partilha de um cheque de R$ 2,2 milhões do empresário Nenê Constantino.

Brill sustenta também que há falhas nos documentos apresentados por Roriz no momento do registro da candidatura ao GDF. Ele ainda teria uma dívida de R$ 5 mil com a Justiça Eleitoral, por condenação decorrente de propaganda eleitoral extemporânea.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade