Publicidade

Correio Braziliense MORAR MAIS

Começa evento de decoração

Mostra com 40 ambientes só acaba em 29 de agosto. Os objetos expostos variam de R$ 80 a R$ 20 mil e poderão ser adquiridos a preços promocionais. A entrada custa R$ 30


postado em 22/07/2010 08:17

A quarta edição da mostra Morar mais por menos — o chique que cabe no bolso — de Brasília começou a movimentar a cena de arquitetura e de decoração da capital federal. Durante um coquetel de inauguração para convidados na noite de ontem, a exposição abriu as portas para cerca de 600 pessoas, entre fornecedores, lojistas e técnicos especializadas na área. No coquetel de lançamento, todos puderam conferir em primeira mão os 40 ambientes assinados pelos 80 profissionais da exposição.

O principal conceito do evento é provar que é possível aliar soluções sofisticadas de decoração à sustentabilidade e ao preço acessível — é possível encontrar objetos que variam de R$ 80 a R$ 20 mil. “É uma forma de não abrir mão do sonho. Há uma oportunidade de mesclar uma peça mais cara com uma opção que caiba no bolso”, explica Fran Jácome, uma das organizadoras da mostra. A sala de cinema, feita pela arquiteta Carmem Batalhone, por exemplo, permite visualizar esta mistura. Usou o projetor para dar o charme do telão e outros objetos mais simples, como um tapete e um piso mais simples, que são de fácil aquisição no mercado.

O conceito da mostra chamou a atenção de Marcelo Vasconcelos, 36 anos. “Nós queremos comprar coisas bonitas, de boa qualidade e com um orçamento viável. Por isso, eu gostei do que vi aqui”, conta o cabeleireiro que se encantou com a varanda de pizzas, um dos espaços de Silvana Monte Rosa e Flávia Muniz.

Lembrança
Entre as pessoas que foram conferir as novidades desta edição estava o governador Rogério Rosso, que visitou todos os ambientes. “A nova geração de arquitetos provou que está no caminho certo. É fundamental para a cidade que eventos desse tipo se repitam todos os anos, com modernidade e respeito ao meio ambiente.”

O Correio Braziliense, como correalizador da exposição pela primeira vez, teve a presença de seu diretor presidente, Álvaro Teixeira, que se emocionou com o espaço Assis Chateaubriand. “Neste espaço tive muitas recordações com o que vivi com o fundador dos Diários Associados.”

A mostra, que abre as portas hoje ao público brasiliense, poderá ser visitada até 29 de agosto, na União dos Escoteiros do Distrito Federal, no Setor de Clubes Sul, Trecho 3. A expectativa dos organizadores do evento é receber mais de 20 mil visitantes.

O interessado nas peças pode preencher uma ficha de reserva, informando o que mais lhe agradou, e o fornecedor entrará em contato para fechar a venda. São 250 marcas dos segmentos de construção, de arquitetura e de decoração.

"Neste espaço tive muitas recordações com o que vivi com o fundador dos Diários Associados."
Álvaro Teixeira, Diretor presidente do Correio Braziliense

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade