Publicidade

Correio Braziliense

De olho no voto dos jovens


postado em 24/07/2010 07:23 / atualizado em 24/07/2010 08:21

Os membros da Coligação Esperança Renovada, encabeçada pelo candidato a governador Joaquim Roriz (PSC), aproveitaram o movimento da hora do almoço de ontem para visitar a Feira dos Importados. Por volta das 10h, Roriz recebeu os representantes da juventude dos partidos aliados em sua casa, no Park Way. Foi mais de uma hora de encontro. No início da noite, o ex-governador inaugurou dois pontos de apoio: um na Fercal e outro em Sobradinho 2. O ritmo da campanha está cada dia mais acelerado. Mas deve ser intensificado a partir do próximo dia 5, quando acaba o prazo para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) se posicionar em relação aos pedidos de impugnação de candidaturas. O candidato pelo PSC corre o risco de não concorrer por ter renunciado ao mandato de senador, em 2007, para não perder os direitos políticos.

Sentado no sofá branco da sala de estar, Roriz recebeu os representantes jovens dos partidos aliados. Um dos integrantes é o sobrinho do ex-governador, Dedé Roriz. No início da campanha, ele abandonou a corrida eleitoral para o cargo de deputado distrital por medo de ter a candidatura impugnada (devido a uma dívida com a Justiça Eleitoral). “Vou ajudar a eleger meu tio”, disse. Ontem, os jovens ganharam carta branca para promover os candidatos aliados e para produzir material próprio de campanha. O representante do PSDB, Gustavo Dias, defendeu ainda a importância de se criar projetos voltados para os jovens que farão parte do plano de governo de Roriz. “Vamos falar a língua do jovem por meio da internet, dos blogs e páginas de relacionamento”, explicou.

Reações diferentes
O candidato a vice-governador, Jofran Frejat (PR), e os candidatos ao Senado Alberto Fraga (DEM) e Maria de Lourdes Abadia (PSDB) estavam na residência de Roriz durante o encontro com os jovens, mas não participaram. Poucos minutos após a conversa, o comboio seguiu em direção à Feira dos Importados. Os candidatos majoritários da chapa cumprimentaram a população e, ao fim, discursaram na rádio da feira. Uma das feirantes estava indignada com a presença dos políticos. A comerciante Ana Rodrigues, 35 anos, no entanto, aproveitou a oportunidade para pedir melhorias para o local. “Quero que ele (Roriz) volte aqui depois de eleito para regularizar essas barracas aqui de fora”, ressaltou.

À noite, Roriz chegou à Fercal de helicóptero. Poucas pessoas recepcionaram os políticos. Carros de som e cabos eleitorais da deputada distrital Eliana Pedrosa (DEM) marcaram presença, mas a candidata à reeleição não participou dos comícios. Roriz falou em seu discurso: “Há 20 anos, fui candidato pela primeira vez. Naquela época, a Fercal tinha 480 eleitores e eu consegui 100% dos votos. Hoje, tem 12 mil eleitores e quero pelo menos 90%”. Em Sobradinho 2, acrescentou: “Me arrependo de não ter dado o dobro de lotes aqui quando eu construí a cidade”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade