Publicidade

Correio Braziliense

Brasília terá cidade-irmã no Egito


postado em 27/07/2010 18:42 / atualizado em 27/07/2010 18:42

A vice-governadora Ivelise Longhi recebeu um convite do governador de Luxor (Egito), Samir Farag, para que Brasília se torne cidade-irmã de Luxor. O convite, realizado durante encontro na Embaixada do Egito na segunda-feira (26/7), permitirá que as cidades estabeleçam parcerias em diversas áreas.

Brasília e Luxor são tombadas pelo patrimônio e enfrentam o desafio de garantir que o desenvolvimento urbano não prejudique a preservação de seus monumentos. A capital federal já conta com 23 cidades-irmãs, entre elas Roma (Itália), Santiago (Chile), Camberra (Austrália) e Chaoyang (distrito de Pequim, China).

Durante o encontro estiveram presentes o embaixador do Egito em Brasília, Ahmed Hassan Darwish; o secretário de Cultura do DF, Silvestre Gorgulho; e a princesa e ministra da Cultura de Bahrain, Shaikha Mai Bint Mohammed Al Khalifa. Localizada às margens do rio Nilo, Luxor é a antiga Tebas e guarda importantes registros da antiga civilização egípcia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade