Publicidade

Correio Braziliense

Inauguração da nova feira da Torre de TV é adiada mais uma vez


postado em 03/11/2010 11:56 / atualizado em 03/11/2010 12:17

Depois de obras que duraram cerca de um ano, mais atrasos impedem a inauguração da nova feira da Torre de TV (1). Desta vez, segundo o Coronel Cardoso, coordenador de cidades da Secretaria de Governo, a analise das documentações devem demorar mais que o previsto e, por isso, os feirantes ficarão sem o novo espaço por mais um mês - a previsão de entrega, que era para o fim de outubro, ficou para o fim de novembro.

Ainda segundo o coronel, todos já entregaram a documentação, mas alguns recursos atrasaram o processo. "Já está tudo na corregedoria para análise". Além disso, a instalação da rede elétrica ainda não foi terminada. "Já mandamos o processo à Companhia Energética de Brasília (CEB)". A companhia disse que recebeu, em setembro deste ano, o projeto de iluminação interna da feira, mas solicitou algumas modificações. No entanto, por conta da greve dos técnicos da CEB, iniciada nesta quarta-feira (3/11), não há como verificar se as alterações já foram entregues.

Ao todo, serão 570 boxes. A estimativa da secretaria é de que 100 deles ainda sejam disponibilizados a licitações. "Aqueles que não estão com a documentação regular perderam o direito às bancas", explica o coronel. Cerca de 500 feirantes trabalham na Torre de TV atualmente.

Decreto
No Decreto nº 32.093 constam como requisitos para transferência: ter um processo administrativo para ocupar um box na nova feira; comprovar legítima e atual ocupação na atual feira; comprovar o exercício legal da atividade como expositor, por meio de documento expedido por órgão do GDF; constar em vistorias como legítimo feirante em cadastros ou outros levantamentos oficiais realizados em 2010; não ter banca em outra feira; não ter transferido autorização para ocupação de banca; não ser servidor público; e ter autorização para manter um box na atual feira.

Obras
A primeira previsão de entrega da nova feira era para abril deste ano, em comemoração aos 50 anos de Brasília. Por conta de atrasos, as obras só foram entregues há cerca de um mês. A reportagem do correiobraziliense.com.br entrou em contato com a Secretaria de Obras para obtenção de informações sobre o valor da construção, mas ainda não obteve resposta.

Acidente
Várias pastilhas de revestimento da área externa da Torre de Televisão cairam no dia 31 de julho deste ano, mas não houve feridos. A área da Torre, voltada para o Setor Hoteleiro Norte, foi interditada. Com isso as barracas de feirantes que funcionam no local também foram fechadas por determinação da Defesa Civil. Depois de quatro dias, em 4 de agosto, as barracas foram liberadas.

1 - Torre de TV
A Torre de TV de Brasília foi inaugurada em 1967 com 224 metros de altura, contendo o Museu das Gemas. Possui um mirante panorâmico a 75 metros de altura com capacidade para 150 pessoas. Há duas atrações turísticas localizadas junto à sua base — a tradicional feira de artesanato e a Praça das Fontes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade