Cidades

Prédio da AGU será liberado na segunda-feira, após tremores nesta sexta

postado em 21/01/2011 19:50

Os servidores da Advocacia-Geral da União (AGU) poderão voltar aos trabalhos normalmente na segunda-feira (24/1) após os tremores sentido nesta sexta-feira (21/1). A decisão aconteceu após a vistoria de quatro engenheiros nesta tarde, sendo um deles da AGU e três de uma empresa privada, orientados pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

Durante a vistoria, os engenheiros não constataram qualquer dano ao edifício que pudesse ter causado os tremores no edifício. A suspeita é de que tenha sido causado por conta da trepidação das máquinas utilizadas em uma obra próxima ao órgão. Segundo a Defesa Civil, o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília não registrou nenhum abalo sismico na região e nem em áreas adjacentes.

Tremor
[SAIBAMAIS]O primeiro abalo foi sentido por volta das 9h15 e durou apenas alguns segundos. Todos os funcionários do órgão sentiram o abalo, principalmente aqueles que estavam no terceiro andar do prédio e no subsolo. Logo depois, as 9h25 um novo tremor foi registrado. O terceiro aconteceu por volta das 10h. E perto das 11h, os funcionários sentiram novamente o prédio tremer.

De acordo com a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros evacuou o prédio e apenas servidores de setores estratégicos foram mantidos a pedido do ministro da AGU.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação