Publicidade

Estado de Minas

Operação veredinha autua cinco motoristas por abuso de som do carro


postado em 07/02/2011 12:24 / atualizado em 07/02/2011 14:44

A Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) juntamente com auditores fiscais de controle ambiental do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), realizaram neste domingo (6/2), por volta de 19h30, a "Operação Veredinha", na Orla do Lago Veredinha, em Brazlândia. A ação teve como objetivo combater a desordem pública causada pela poluição sonora de veículos automotivos, consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade, além de ocupação irregular de área pública por quiosques.

Segundo denúncias de moradores, o local tem sido usado para reuniões noturnas com uso abusivo de som automotivo. O Ibram mediu o volume do som no local por volta de 19h, constatando o nível de 85 decibéis, enquanto o permitido para a área é de 55 dB.

Cinco veículos foram autuados com penalidade de advertência. Caso seja verificada a reincidência, o dono do carro terá que pagar multa de R$ 3 mil. Se o problema persistir, o valor sobe para R$ 20 mil. Dos veículos autuados, três seguiram para a 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia).

Quiosques irregulares, que ocupavam áreas públicas, também foram advertidos. Ao todo, foram apreendidos 382 objetos. Entre eles, garrafas de bebidas alcoólicas destiladas, guarda-sol, cadeiras, mesas, caixa de som com tripé e módulos de grade de ferro . Foram necessários dois caminhões para recolher todos os objetos.

No local foi encontrado um menor de idade que era foragido e foi encaminhado a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA II). Outras duas pessoas que participavam da festa no local foram presas por desacato.

A ação terminou por volta de 23h, e contou com 114 agentes da Seops, do Ibram, da Polícia Militar-DF, da Agência de Fiscalização (Agefis), da Polícia Civil-DF, da Delegacia da Criança e do Adolescente 2 (DCA 2) e da Vara da Infância e Juventude (VIJ).

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade