Publicidade

Estado de Minas

Homem é preso depois de comprar TV em supermercado com documentos falsos


postado em 15/02/2011 19:38 / atualizado em 15/02/2011 20:20

Policiais da 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires) prenderam em flagrante um homem de 26 anos acusado de estelionato e uso de documentos falsos na noite da última segunda-feira (14/2). Ele despertou a atenção de funcionários de um supermercado de Águas Claras enquanto comprava um televisor de LCD de 40’.

Segundo o delegado-chefe da 38ª DP, Cícero Jairo Monteiro, os servidores entraram em contato com a delegacia e passaram a descrição do suspeito, alem de informações sobre o veículo em que ele estava. Uma equipe se deslocou até o local e seguiu o carro desde o estacionamento.

Jonathas foi abordado por volta das 21h40 em um posto de gasolina da EPTG. Depois que os agentes informaram que checariam as informações, o homem admitiu que tinha se apresentado com documentos falsos. De acordo com Cícero, o motorista e dono do carro que conduzia o suspeito não tem envolvimento com o crime. O homem havia apenas sido contratado para transporte.

Na casa de Jonathas, em Samambaia, foram encontradas dez identidades falsas, além de outro televisor de 40’, equipamentos de ginástica, CDs e DVDs falsificados e R$1.200.

A pena para uso de documento falso é de 2 a 6 anos de reclusão e para estelionato é de 1 a 5 anos.
 

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade