Publicidade

Estado de Minas

Mulher é condenada por um crime ocorrido em 1995


postado em 24/02/2011 11:55 / atualizado em 24/02/2011 12:04

Uma mulher foi condenada pelo crime de tentativa de homicídio privilegiado ocorrido no ano de 1995. No dia 23 de setembro daquele ano, Luciana da Silva Dourado, hoje com 36 anos, efetuou disparos com arma de fogo contra Márcia Resende do Prado por causa de algumas desavenças. Na tarde de quarta-feira (23), o Tribunal do Júri de Ceilândia decidiu condená-la a dois anos e oito meses de reclusão em regime aberto pelo crime.

O caso aconteceu na QNN 7 de Ceilândia, por volta das 22 horas daquele dia. De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), a acusada foi considerada foragida, e um mandado de prisão preventiva foi solicitado pelo Ministério Público na época. Somente em novembro de 2010 ela foi definitivamente presa, até ser julgada na tarde de ontem.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade