Publicidade

Estado de Minas

Caseiro mata namorada com tiro de espingarda em fazenda próxima a Formosa


postado em 10/04/2011 09:11

Uma mulher morreu assassinada pelo namorado no sábado (9/4), em uma fazenda a 36 Km de Formosa. O crime aconteceu por volta das 22h, na casa onde o caseiro Antônio Rodrigues de Oliveira, 50 anos, morava, no terreno dos patrões. Silvana Soares da Silva, 25, foi baleada com um tiro de espingarda e morreu no local. Após o crime, o acusado ainda tentou suicídio, consumindo chumbinho misturado em água.

De acordo com o soldado da Polícia Militar Geová Dalberto, o acusado contou que fazia a moça refém há cerca de 20 dias. "Ele contou que a espancou antes de atirar", disse. Os patrões de Antônio foram até o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Formosa após ouvir o disparo. Segundo o policial, o casal não sabia da permanência da vítima no local.

Antônio está internado na UPA de Formosa, mas não corre risco de morrer. Segundo o soldado Dalberto, para o crime, a justificativa do acusado foi ciúmes. "Ele disse que ela era muito nova e bonita. Não queria que ninguém se aproximasse dela", contou.

A arma do crime foi encontrada. Assim que receber alta, Antônio será preso e responderá por homicídio. Ele não tinha passagens pela polícia.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade