Publicidade

Estado de Minas

Guará comemora 42 anos com programação distribuída por todo o mês


postado em 05/05/2011 08:00

Pouco a pouco, prédios grandes tomam conta do cenário da cidade que, até pouco tempo, era considerada um local bucólico(foto: Carlos Moura/CB./D.A Press)
Pouco a pouco, prédios grandes tomam conta do cenário da cidade que, até pouco tempo, era considerada um local bucólico (foto: Carlos Moura/CB./D.A Press)
Uma das cidades mais antigas do Distrito Federal, o Guará completa hoje 42 anos como um local em constante transformação. Desde a criação da região administrativa, em 1969, a cidade com nome de lobo já foi destino dos moradores de invasões, área oferecida para funcionários públicos e rotulada como bairro de classe média. Hoje, o Guará sofre com a especulação imobiliária e é tomado aos poucos por prédios que valorizam os terrenos e ameaçam os costumes interioranos dos moradores. Na tentativa de recuperar a identidade bucólica da cidade, o aniversário da região administrativa será comemorado com um mês de atividades que estimulam moradores e visitantes a preservarem a natureza.

Quem mora na cidade há algum tempo conta que as ruas do Guará não são as mesmas que abrigam as memórias de infância. “O Guará cresceu demais. Quando eu era adolescente, saía na rua de madrugada e aproveitava as áreas de lazer. Hoje, o aumento da violência não permite isso, e os antigos moradores estão saindo”, reclamou Mari Araújo, 34 anos. Ela já tentou sair do Guará e não resistiu à vontade de voltar. Ela sentiu falta dos passeios na feira e da antiga relação com os vizinhos. “No Plano Piloto, eles mal davam bom-dia; aqui, são todos como se fossem da família. Mas, infelizmente, acho que as pessoas estão começando a se distanciar aqui também”, comparou.

Mari (E), com Mariana Araújo, mãe e filha:
Mari (E), com Mariana Araújo, mãe e filha: "Aqui, são todos como se fossem da família" (foto: Carlos Moura/CB./D.A Press)

A filha de Mari, que também cresceu no bairro, é outra a lamentar a mudança. Segundo ela, a rotina era mais tranquila quando a paisagem ainda não estava cortada por prédios luxuosos, antes de os sobrados serem substituídos por casas cobertas com cercas e muros. “As casas estão sufocadas pelos prédios e em alguns lugares não há mais sol. Daqui a algum tempo, vai ficar igual a Águas Claras”, lamenta a estudante Mariana Araújo, 22 anos. Graças ao estouro imobiliário da área, o metro quadrado do Guará é hoje avaliado em R$ 6 mil, e as ruas parecem cada vez menores para o trânsito crescente.

Mesmo em meio a tantas mudanças, alguns pontos parecem parados no tempo. Apesar de quatro décadas de crescimento que resultaram na criação de duas outras regiões administrativas, parte da calma característica da área permanece. Os moradores continuam a caminhar na calçada que acompanha a rua principal e ainda é possível ver crianças e adultos desfrutando das praças das quadras. Dona Terezinha, 61 anos, leva a neta diariamente para se exercitar na vizinhança. “Vim de Taguatinga há dois anos, e a qualidade de vida aqui é muito boa. Tudo é muito perto, e aqui ainda há condições de andar na rua”, avaliou a artesã.

Festa ecológica
Segundo a administração local, a festa de aniversário do Guará será uma oportunidade para os 150 mil moradores colocarem em prática os costumes de boa vizinhança que deram à cidade a fama de local pacato e aconchegante. As ruas arborizadas e praças estão sendo preparadas para uma temporada de comemorações, a ser aberta hoje com um desfile cívico da banda da Polícia Militar, em frente ao prédio da administração. Como este ano a preservação do meio ambiente é o tema do aniversário, os três parques ecológicos que dividem espaço com a cidade devem receber atenção especial.

Entre as atividades programadas para este mês, estão uma caminhada no parque do Guará, uma exposição de artesanato reciclado e a distribuição de 5 mil mudas de espécies do Cerrado à população. Outras 75 mil árvores também devem ser plantadas no Parque Ezequias Heringer, o maior do Guará. “Nós procuramos conscientizar a população da necessidade de zelar pelo meio ambiente. Os parques ainda deixam muito a desejar para os frequentadores, e precisamos fazer com que a população participe de maneira mais ativa dessa revitalização”, explicou o administrador do Guará, Carlos Nogueira da Costa.

Ainda este ano, a administração espera construir uma guarita e uma pista de caminhada no Ezequias Heringer. Para o próximo dia 15, está planejada a inauguração de um espaço de tai chi chuan no Bosque dos Pinheiros. A festa deste mês também vai contar com diversos campeonatos esportivos, shows, missas, cultos e um baile para a terceira idade. O atendimento itinerante do Sebrae, voltado aos pequenos empresários, vai circular pelo Guará 1 e pelo 2 entre os dias 23 e 27 próximos.

Desmembramentos
O Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), o Setor de Inflamáveis (SIN) e o Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC) deixaram de pertencer ao Guará em 2005 e passaram a formar outra região administrativa, a RA 29. A Cidade Estrutural também já pertenceu à região administrativa do Guará, mas desde 2004 faz parte do Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA), a RA 25.

Lobo-guará
A região administrativa do Guará recebeu este nome em homenagem ao córrego que corta a cidade, batizado com o nome do lobo típico do Planalto Central. Esse canídeo esguio de cauda curta leva o nome tupi-guarani dado para o lobo brasileiro. Ele é tímido, mas pode ser facilmente reconhecido na natureza pelas orelhas grandes e o pelo castanho-avermelhado característicos. Embora seja considerado animal símbolo do Cerrado, o lobo-guará também é encontrado em outros países da América do Sul, como Paraguai e Bolívia. O Brasil, porém, abriga o maior número de exemplares da espécie: cerca de 22 mil. Em sua dieta, estão apenas pequenos animais, como roedores e répteis, além de vegetais e frutas silvestres, como o fruto da lobeira, indispensável para a sobrevivência do lobo-guará.

Programação comemorativa
» Hoje
8h às 12h – Exposição de arte com reciclados, em frente à Administração do Guará
9h – Desfile cívico, no mesmo local
11h – Entrega de mudas do cerrado à população, no mesmo local

» Amanhã
9h – Sessão solene em comemoração ao aniversário. Teatro do Guará

» Sábado
8h às 18h – Torneio de basquete cadeirante. Ginásio do Cave
9h – Ato em defesa do Parque do Guará. Parque Ezequias Heringer
15h – Campeonato de futebol da QE 38. Campo de futebol da QE 38
20h – Festival Vida Loka. Ministério Carisma, na QE 40 do Polo de Modas
23h – Baile da Cidade. Salão de Múltiplas Funções

» Domingo
19h – Missa solene do aniversário do Guará. Igreja Maria Imaculada, na EQ 15/17

» Dia 12
20h – Sarau da Casa da Cultura do Guará. Teatro do Guará

» Dia 14
7h às 18h – Campeonato Brasiliense de Ginástica Artística. Ginásio do Cave
8h – Abertura da 1ª Copa Guará de Futsal. Ginásio do Colégio Maxwell, na QE 11
9h às 13h – Torneio de Futsal da Escolinha Bom de Bola. Quadra de Esportes da QE 40
20h – Lançamento da coleção de inverno Fernanda Ferrugem. Teatro do Guará
21h – Baile da Terceira Idade. Salão de Múltiplas Funções

» Dia 15
8h – Inauguração do Espaço Tai Chi Chuan. Bosque dos Pinheiros

» Dia 21
8h – Festival de Natação do Guará. Academia Água Vida, na QE 40
8h30 – Café da manhã da Acig, da Prefeitura da QE 40 e do Polo de Modas. Praça Itajubá, na QE 40
9h – Hora de brincar. Salão comunitário do Guará, na QE 42
18h – Show cristão de aniversário. Teatro de Arena do Guará
22h – Festa dos maranhenses e piauienses. Salão de Múltiplas Funções

» 22 de maio
8h – Torneio de futevôlei – Praça da Bandeira, na EQ 3/5/7/9
8h – Torneio de futebol feminino – Campo de futebol da QE 38

» De 23 a 27
8h às 18h – Atendimento itinerante do Sebrae – Guará 1 e 2

» Dia 25
14h – Ciclo de palestras sobre desenvolvimento econômico. Teatro do Guará

» Dia 27
18h – Show gospel de aniversário. Teatro de Arena

» Dia 28
Aniversário do GG e da Academia Água Vida. Salão de Múltiplas Funções

» Dia 29
7h – Corrida de rua do Guará. Estacionamento do Pão de Açúcar, no Guará 1
8h – Abertura do Campeonato de Futebol Society da QE 22. Campo de futebol da QE 22

» Dia 30
20h – Culto de encerramento do aniversário. Igreja Batista Ebenézer , Guará 1

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade