Publicidade

Estado de Minas

Hospital particular do DF é notificado por falta de pediatria na emergência


postado em 13/10/2011 17:52 / atualizado em 13/10/2011 19:01

O Hospital Brasília foi notificado nesta quinta-feira (13/10) por não oferecer atendimento pediátrico na emergência da unidade. O Conselho Regional de Medicina (CRM) realizou uma fiscalização no dia 29 de setembro. Segundo o Conselho, a exigência mínima para a composição da equipe médica durante o plantão é de: anastesiologista, clínico médico, pediatra, cirurgião geral e ortopedista, o que consta na Portaria nº 2048 de 2002 do Ministério da Saúde e a Resolução nº 1451 de 1995, do Conselho Federal de Medicina.

De acordo com a assessoria de imprensa do CRM, o Hospital Brasília não conta com uma ala de pediatria, e tampouco com profissionais da área. O prazo estabelecido para que a situação seja regularizada é imediato desde a abertura da sindicância para analisar o descumprimento da prestação de serviço para atender os jovens pacientes. Segundo a assessoria, o motivo para a falta dos profissionais pode estar ligado ao possível baixo retorno financeiro.

A assessoria do CRM afirma que as fiscalizações ocorrem com certa frequência. A irregularidade será supervisionada com base nos critérios de exercício profissional e condições de funcionamento dos serviços médicos prestados.

Procurado pela reportagem, o Hospital Brasília reunirá informações que serão apresentadas nesta sexta-feira (14/10).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade