Publicidade

Estado de Minas

Capital federal é o local com maior desigualdade social do Brasil


postado em 19/01/2012 12:36

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou na manhã desta quinta-feira (19/01) um estudo que detalha a situação social no Distrito Federal. Os dados comprovam que o DF é a unidade da federação com maior renda e uma das regiões com maior escolaridade do país. Ainda assim, há estatísticas negativas: a capital federal é o local com maior desigualdade social do Brasil.

Ao contrário do que acontece na maioria dos estados, a pobreza extrema no Distrito Federal cresceu e a desigualdade também. Outro indicador que chamou a atenção dos pesquisadores do Ipea foi a taxa de homicídios masculina, que reflete o número de mortes por 100 mil habitantes. Enquanto no Brasil esse índice é de 94,3, no DF a taxa é de 120,9.

O diretor de Estudos e Políticas Sociais do Ipea, Jorge Abrahão de Castro, comentou os dados durante uma entrevista coletiva. "O maior desafio do DF é superar a pobreza extrema, para fazer com que a desigualdade social diminua", explicou Jorge. A presidente da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), Ivelise Longhi, disse que o estudo social do Ipea será importante. "Esse trabalho vai nos ajudar a plenejar as políticas públicas", comentou Ivelise. O estudo do Ipea também mostrou que a escolaridade média do DF é superior à média brasileira. Os brasilienses ficam, em média, 9,6 anos na escola.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade